Primary Navigation

Dicas De Chiloe Chile

Chiloé: Dicas Praticas para aproveitar essa Ilha do Chile

A linda Ilha está localizada a uma hora e meia de avião a partir de Santiago e é conhecida por ser uma Região completamente intocada pelo homem, fato este que preserva a sua natureza, seu arquipélago, suas construções históricas, suas mais de duzentas igrejas feitas de madeira pelos próprios moradores, mar calmo e deserto, seu clima rústico e suas casas de palafitas de madeira sempre tão coloridas.

Em Chiloé não é incomum ver os homens pescando e as mulheres pegando mariscos com as próprias mãos. A fonte de renda vem justamente da agricultura e da pesca. E é um dos poucos lugares da América do Sul onde ainda existe o escambo. Ou seja, o dinheiro não comanda ali. Existiu a necessidade e oportunidade? Eles fazem uma troca de itens e tá tudo certo!

Assim os moradores vivem…

Plantando, colhendo e comendo comidas frescas… verduras, frutas, peixes, mariscos…

E é justamente esse ambiente “tão longe da nossa realidade” que chama atenção dos turistas do mundo inteiro que sempre que visitam a Região dos Lagos voltam seus olhos para a Ilha de Chiloé.

COMO CHEGAR EM CHILOÉ.

Primeiro de tudo, é importante saber que Chiloé não tem nenhuma ligação com o continente. Para chegar lá, a maneira mais prática é pegar um avião a partir de Santiago ou ir de Balsa, saindo de Pargua, uma cidadezinha que fica próxima a Puerto Varas. Esse com certeza é um dos motivos pelos quais Chiloé mantém até hoje suas características passadas.

A dica aqui é: durante a travessia, fique atentos para ver os animais marinhos ao redor da balsa que dura aproximadamente 15 minutos. Serão 15 minutos apreciando pinguins, lobos marinhos, golfinhos e lógico, admirar o suntuoso Vulcão Osorno.

CONHECENDO AS IGREJAS DE CHILOÉ.

Como já dito anteriormente, além das casas coloridas e em palafitas, as igrejas de Chiloé, construídas pelos próprios moradores, costumam ser uma atração à parte e chamar atenção de qualquer um que vai visitar a Ilha. São mais de duzentas igrejas todas de madeira espalhadas pelo arquipélago, sendo 16 consideradas Patrimônio Cultural da Unesco.

Caso vá de balsa, ao desembarcar delas na cidade de Ancud, visite o antigo Convento Inmaculada Concepción e conheça a exposição que destaca e explica as 16 igrejas consideradas Patrimônio Cultural da Unesco.

APRECIANDO O PÔR DO SOL.

Ainda em Ancud, não deixe de caminhar pelo deck e apreciar o lindo e conhecido pôr-do-sol.

Ancud é a cidade mais ao Norte da Ilha de Chiloé e não conta com tantos atrativos turísticos além das igrejas, mercado municipal com inúmeros frutos do mar e o pôr do sol.

PINGUINERA DE PIÑIHUIL.

Não deixe de colocar no seu roteiro uma visita aos pinguins!

Isso mesmo! Em Chiloé é possível visitar uma praia com várias ilhotas de pedras e vários pinguins em seu habitat natural.

Para chegar lá tem que pegar um micro-ônibus do Terminal de BusesRurales em Ancud, saindo duas vezes por dia e custa tão somente $ 2.000 pesos chilenos (R$ 11,00).

Baía de castro

Dicas De Chiloe Chile Vista
Dicas De Chiloe Chile Vista

Na principal Cidade do arquipélago, além das palafitas, não deixe de visitar a baía para ver os inúmeros leões marinhos, gaivotas e pelicanos. A atração aqui são esses simpáticos bichanos que estão sempre por ali chamando atenção de todos.

Prato Tipico de Chiloé: Curanto em Ancud

Curanto é um prato típico e muito saboroso de origem araucana da Ilha de Chiloé e a sua preparação é a parte mais curiosa!

Em sua mistura, o Curanto conta com vários frutos do mar, carnes, batatas e bolinhos, porém, o mais interessante de tudo é que toda essa comida é cozida em um buraco no CHÃO, envolto por pedras, folhas e pasto.

No ritual de preparação sempre tem vários curiosos que puxam uns banquinhos pra sentar e olhar como funciona o preparo. Sem duvidas, é uma grande experiência gastronômica e que vai te render boas fotos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias